Jornada de Casais

Jornada de Casais da Porciúncula 

Dentro de nova realidade, como moradores de uma comunidade urbana, muitos casais têm dificuldades em comparecer a encontros de finais de semana prolongados. Para eliminar parte dessas barreiras foi instituída na Paróquia a “Jornada de Casais da Porciúncula – JCP”.  

A Jornada tem duração de um dia e meio, em um único fim de semana, sendo no sábado das 14h às 20h, e no domingo, iniciando às 8h e se encerrando com a Missa das 18h. No período de permanência dos casais na paróquia há a disponibilização de serviço de creche para as crianças entre 2 e 12 anos de idade.  

A “Jornada” terá caráter permanente e será realizada quando existirem casais interessados dentro de um número mínimo de 12 casais, que acreditamos ser compatível para sua realização. Realizada, com roteiro e palestras adequadas, que represente acolhimento a todos os casais, inclusive àqueles que civilmente contraíram uma segunda união estável.        

 Finalidades da Jornada 

Despertar casais, para que vivam seu casamento de uma maneira cristã, a partir dos valores humanos e cristãos do casamento, das graças do Sacramento do Matrimônio e da Espiritualidade Conjugal, Familiar e Apostólica; 

Inspirar um maior relacionamento entre os cônjuges, ajudar o casal a dialogar e a compreender melhor os filhos, a fim de que a família, célula primária e vital da sociedade”, possa formar a pessoa humana integralmente; 

Acolher casais afastados da comunidade, amá-los e posicioná-los; dar-lhes uma visão de sua razão de ser, como célula vital da humanidade; abrir-lhes um caminho de comunhão fraterna na comunidade paroquial e possibilitar-lhes a corresponsabilidade no serviço pastoral; 

Integrar os casais na vida comunitária pastoral; 

Proporcionar a criação de grupos de casais, formados na própria Jornada, com a finalidade de promover estudos bíblicos, reflexões sobre relacionamento conjugal, formação da família, dentre outros. 

Quem pode participar da Jornada de Casais? 

Casais casados no civil e no religioso ou somente num deles, desde que haja esperança de que realize o outro;
Casais não casados desde que não haja impedimento para o casamento religioso;
Católicos casados com evangélicos ou que cultuem outros cultos compatíveis com o Cristianismo ou evangélicos por tradição que não vivam a sua fé;
Casais que civilmente contraíram uma segunda união estável, comprovadamente ativa, e que, aceitem às orientações da Santa Sé;
Preferencialmente, casais que ainda não tenham participado de encontros semelhantes ao que se propõe a “Jornada de Casais”;
Casais que, preferencialmente, residam dentro do perímetro paroquial, ou que frequentem regularmente a Paróquia, de modo a ser mantida a unidade e ser facilitada a participação e integração de todos. 


Dirigente Espiritual: Frei Salésio

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print