Newsletter

Artigos, Destaques › 17/02/2017

Onde o amor impera, transforma as nossas ações

maos_luzFrase para refletir: 
“Onde a força impera, não há amor; e onde o amor impera, as forças não contam” (C. G. Jung)

 

A maioria de nós nunca aprende a amar totalmente. Representamos no amor, imitamos amantes, tratamos o amor como um jogo… Se deseja aprender a amar, deve começar o processo de descobrir o que significa, que qualidades formam uma pessoa amorosa e como desenvolvê-las. Cada pessoa tem potencial para o amor. Mas o potencial nunca é percebido sem esforço, sem labor e sem entrega.

Onde o amor impera, transforma as nossas ações, faz-nos mais sensíveis à luta, à dor e aos sonhos da humanidade. Onde o amor reina, Deus aí está… É amor divino em nós que nos capacidade para amar as pessoas e entender o que significa o poder-serviço.

 

Frei Paulo Sérgio, ofm

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.