Newsletter

Artigos › 08/01/2021

Em torno da dor

A dor isola absolutamente e é desse isolamento absoluto que nasce o apelo ao outro, a invocação ao outro. Não é a multiplicidade humana que cria a socialidade, mas é essa relação estranha que inicia na dor, na minha dor em que faço apelo ao outro, e na sua dor que me perturba, na dor do outro que não me é indiferente. É a compaixão. Sofrer não tem sentido, mas ao sofrimento para reduzir o sofrimento do outro é a única justificação do sofrimento, é a minha maior dignidade.

E. Lévinas

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.