Newsletter

Artigos, Destaques › 07/08/2021

Dia dos Pais

Querido Pai,

Dirijo-me, hoje, a você, Pai, que me lê, neste dia em que, com alegria, celebramos a graça de termos um pai. Quero que entenda esta mensagem como algo pessoal, dito ao seu coração, também marcada pelo carinho e admiração por você. E o faço movido pela certeza de que ser pai tem tantos aspectos e tantas nuances que nem sempre podem ser colhidos ou percebidos por todos nós. Em você, sem dúvida, se misturam preocupações, alegrias, decepções, esperanças, lutas, tristezas, sonhos, amores e afetos, contradições e luzes. Mas há algo também que o define sempre: a paternidade, como vocação, missão e mistério.

Quero evocar, neste ano em que celebramos o Ano de São José, o cuidado, a sabedoria, a prudência, a ousadia e a coragem deste homem, pai de família, que na fragilidade permitiu que o sonho de Deus encontrasse nele uma forma ativa de participação. Seus dias traziam a serena resposta à escolha que Deus havia feito de sua pequenez para servi-lo em Maria e em Jesus. Ali está o humilde, simples, flexível e justo José. Você, pai, querendo ou não, é outro José no agora de sua família, de sua casa, de sua comunidade eclesial.

Peço a São José, particularmente, que seja seu guia, inspiração e ajuda para enfrentar as lutas e os desafios de cada dia. Que ele esteja a seu lado sempre para animá-lo a buscar a decisão que for mais justa para cada momento.

Parabéns! Que seu amor e sua dedicação construam a graça que você tem de ser pai.

Frei Salésio Hillesheim
Pároco

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X