Newsletter

Destaques › 14/02/2021

A FÉ TEM PODER DE CURA

                               No Evangelho de hoje, Marcos relata o breve diálogo de fé entre Cristo e o leproso, que é concluído com a cura deste por Jesus. O leproso do Evangelho suplica de joelhos a Jesus com uma frase em que confessa a sua fé: “Senhor, se quiseres podes curar-me”. Jesus cheio de compaixão e de admiração pela fé do leproso diz: “quero, fica curado”. O doente é reintegrado na comunidade, da qual a sua doença o separava.

                        O critério último e definitivo para conhecer um cristão de fé madura é ver como ele  se relaciona com Deus na dor e no sofrimento. A fé como diálogo com Deus e não como monólogo egocêntrico. A revolta e o fechamento diante do sofrimento tornam a dor maior, porque a cura deve acontecer em primeiro lugar no espírito. Deus no momento da dor se faz presente se houver fé e amor.

                        Mas como superar a dúvida da fé? Primeiro através de uma absoluta confiança em Deus e na sua fidelidade, sem nunca romper o diálogo com Ele. Pois Ele nunca abandonará o seu filho na dor ou no sofrimento. Em segundo lugar pela oração: “eu creio Senhor, mas aumentai a minha fé”. E em terceiro lugar, abrindo-se comunitariamente aos outros para que os irmãos te ajudem a carregar a cruz.

                        Seguindo o seu exemplo Senhor, dá-nos um coração sensível pelos que sofrem e vivem todas as crises e dificuldades da fé. Que saibamos viver a dor, na cura interior, na busca do Senhor. Eu quero ser curado Senhor. Eu creio, mas aumentai a minha Fé.

Frei Sergio Pagan

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X