Newsletter

Notícias da Paróquia › 13/05/2015

Vem aí a nossa Grande Festa…

festa_sto_antonio

 

Informando …

Vem aí a nossa Grande Festa… de 31 de maio a 14 de junho

Tema Geral: 50 anos com Santo Antônio

Encerramento do Jubileu de Ouro da Paróquia e celebração dos 50 anos de espiritualidade evangélico-antoniana da Comunidade da Porciúncula.

 

E tudo tem início com a Trezena de Santo Antônio no dia 31/05: de 2ª a 6ª feira e no domingo, na Missa das 18 horas; no sábado, dia 06 de junho, na Missa das 16h.

Teremos três dias de festa: dia 12, 6ª feira, a partir das 17 horas; dia 13,sábado, Dia de Santo Antônio, e 14 de junho, domingo, a partir das 9 horas.

Importante: todos os envolvidos nos festejos são chamados a entregar o seu serviço ao Senhor na Missa da Trezena, às 18 horas, de 02 de junho, 3ª feira. Logo após, ocorrerá a reunião dos “Caixas” no Auditório.

No pátio da frente da Igreja, a partir próximo fim de semana – dia 24 de maio: venda antecipadade tíquetes e demais adesões para uso durante a Festa. Antecipe-se, evite filas!

Participe do Bolo de Santo Antônio. A receita e a bandeja estão disponíveis, a partir deste fim de semana, no balcão de atendimento no pátio da Igreja  e na Secretaria Paroquial. Confeccione o bolo e traga-o no dia agendado pela Comissão da Festa.Só para lembrar: o tamanho do bolo será o da participação e do envolvimento da Comunidade.

Participe da rifa da imagem de Santo Antônio; sorteio no dia 13, após a Missa das 19h.

Temos também a rifa da Bicicleta elétrica LEV, doada para cooperar com a realização de nossa Festa – sorteio no palco da Festa no dia 14, domingo. Resultado dos sorteios: na Secretaria Paroquial e publicado no PORCIÚNCULA de 21 de junho.

Inscreva-se como voluntário e nos ajude a realizar este tão importante evento de nossa Comunidade Paroquial. Colabore conosco! Inscrições: na Secretaria Paroquial e nos plantões no pátio externo, na frente da Igreja.

Equipe de Eventos

 

Lembretes facilitadores

1. Carrinhos de bebê podem ficar, preferentemente, na parte da frente da Igreja, junto à saída para o pátio interno.
2. Médicos que estiverem dispostos a prestar algum socorro, eventualmente necessário durante as celebrações, poderiam se identificar a um dos membros da Equipe de Acolhida à entrada da Igreja.
3. A assinatura de presença das crianças da Catequese poderá ser sempre feita junto à Sacristia, após as Missas.
4. Os que usarem as cadeiras à entrada da Igreja, sobretudo na missa das 9h30min e 11h, não precisam empilhá-las após a celebração. Da mesma forma, é necessário que se mantenha a possibilidade de passagem dos ministros, da Equipe de Acolhida ou de cadeiras de roda.
5. É importante que, nas missas de 9h30min e 11h,haja certo senso de paciência para permitir que primeiro saiam os que estiverem dentro da Igreja, para depois entrarem os que estiverem fora. Esse cuidado será, sobretudo, necessário quando a Missa das 9h30min se prolongar um pouco.

Frei Salésio Hillesheim

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.