Newsletter

Notícias gerais › 03/08/2018

Sacerdote, expressão do amor de Deus

 

O Dia do Sacerdote é celebrado no mesmo dia da festa de São João Maria Vianney, padroeiro de todos os sacerdotes. A data é 04 de agosto. É comemorada desde 1929 e foi instituída por Papa Pio XI.

Ser padre é ser pai, cuidar do rebanho que lhe foi confiado. Seguir os caminhos, os passos de Cristo aqui na terra, aconselhando aqueles que erram, mostrando por onde trilhar e não se separar de Jesus, sendo caridoso, amoroso com o próximo, ser humilde.

As mãos de um sacerdote é ungida e, através deste ministério, ele pode perdoar, abençoar. Devemos ter muito respeito para com eles, como São Francisco disse:

O Senhor me deu tanta fé nos sacerdotes que vivem segundo a santa Igreja Romana, por causa de sua ordenação, que, mesmo se eles me perseguissem, recorreria a eles. E a todos hei de respeitar, amar e honrar, como a meus senhores. Nos sacerdotes não quero considerar pecado algum, porque neles reconheço o Filho de Deus e eles são meus senhores. E isto faço porque do mesmo altíssimo Filho de Deus nada vejo corporalmente neste mundo senão o seu santíssimo Corpo e Sangue, que eles consagram e somente eles administram aos demais.

Na palavra de Deus em Hebreus 5,1-2 diz: ” De fato todo sumo sacerdote é tomado do meio do povo e representa o povo nas suas relações com Deus, para oferecer dons e sacrifícios pelos pecados. Ele saber ter compaixão dos que estão na ignorância e no erro, porque ele mesmo esta cercado de fraquezas.”

Amemos nosso pároco, amemos nossos freis! Rezemos por eles e por todos os padres, os respeitemos e que os vejamos como “in persona Christi”, pois é Cristo que age por eles.

 

Fonte: site da Canção Nova

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.